segunda-feira, 6 de abril de 2015

Pedido de desculpas...


Não consigo compreender como é que alguém perdoa um erro de outra pessoa, só porque sabe que também já fez alguma coisa de mal, como se devesse isso à pessoa em questão. Ou se perdoa, porque na realidade se perdoou mesmo, porque se conseguiu seguir em frente, superar, ou não se perdoa. Nem a pessoa que foi perdoada deve estar à espera que a outra lhe falhe, nem a que perdoou deve ficar de consciência tranquila ou desvalorizar caso venha a falhar com a outra pessoa. Para mim funciona assim!

2 comentários: